segunda-feira, 26 de março de 2012

Como ser Artista

Ou como ocupar o tempo de uma pessoa que não tem nada para fazer (o que não é propriamente o meu caso).
Este foi o fim de semana para limpar a casa,  deixar o cesto da roupa suja vazio e a roupa toda tratada. Apesar de estar contente com a realização de todas estas tarefas (que para mim são tortura mas extremamente necessárias) o que mais me deu prazer foi mesmo a produção do meu quadro que vai destronar a Paula Rego do título de melhor artista plástica do país :)



Para a realização do quadro foi necessário tela para pintar (encontra-se em qualquer loja dos chineses) fita amarela para pintor, dois tons de tinta acrílica, rolo de pintor de espuma em miniatura (pode ser daqueles das obras mas em tamanho XXS ou também daqueles para trabalhos manuais) e mini tabuleiro de pintor.  
A ideia inicial era fazer um quadro com o padrão chevron mas depois de algumas tristes tentativas vi que aquilo não ia dar em nada (o facto de não ter muito tempo também não ajudou) e então pensei porque não fazer um ás riscas. 
1º Passo- pintar a tela com o tom base que queira (eu pintei com um beije que saiu mais um tom areia mas isso agora não interessa nada) e deixar secar.
2º Passo - Atravessar uma primeira fita de pintor na diagonal na tela e colar bem. Utilizei a largura da fita para fazer as marcações seguintes e continuei a colar a fita de pintor paralelamente à inicial até ter toda a tela demarcada.
3º Passo - Pintar a tela toda novamente com a cor castanha ( e secar com o secador porque a impaciência agora já era muita)
4º Passo retirar toda a fita de pintor e pendurar :)

Recomendações: Depois de demarcar o quadro com a fita de pintor passar por cima uma borracha porque assim a tinta não passa por baixo da fita. Escolher tinta de boa qualidade tipo a Americana (é de secagem rápida e por isso não tem tempo de passar por baixo da fita) a castanha que utilizei era dos chineses por isso é que tive que utilizar o secador :). Retirar a fita antes da tinta estar completamente seca porque é mais fácil.
Quem quiser pode passar o verniz por cima (por exemplo aquele para decoupage).

quinta-feira, 22 de março de 2012

Ainda a máquina de costura

E andavam vocês a perguntar onde andaria a louca que comprou uma máquina de costura sem nunca ter olhado para uma. Pois minhas amigas depois das peripécias descritas aqui e aqui e muitos arrependimentos pelo meio, podia ter poupado os 99€ e investido num aspirador Romba que me ia deixar sempre com um sorriso na cara quando chegasse a casa, deixo-vos com a prova da minha tentativa, a minha primeira almofada.   A minha  Jocel 270 C portou-se muito bem mas só porque eu sou um génio :).

 A frente

A parte de trás.

Peço novamente desculpa pela qualidade das fotos mas todas vós já sabem que isto é um blogue de loucuras não de fotografia. Bem, o que é que acham?

quinta-feira, 8 de março de 2012

quarta-feira, 7 de março de 2012

Como utilizar uma máquina pela 1ª vez parte 2

Exmos Srs da JOCEL por acaso tiveram a oportunidade de fazer um pequeno estudo de mercado onde entregam a vossa máquina de costura JOCEL 270 c a um trolha qualquer (sem ofensa aos profissionais da área) com o vosso "livro de instruções" e pedir-lhes para coser um panito ( não precisa ser a direito).  Não? Eu reparei que não. É que eu nunca vi nada tão incompleto tão mal escrito e tão inútil quanto aquilo. Sem acrescentar que o manual vem a preto e branco e nem dá para destingir a linha nem aonde encaixa. Portando tenho algumas sugestões:
1º Pedir a alguém que nunca tenha utilizado ou visto uma avó, tia ou qualquer pessoa a utilizar uma maquina de costura seja qual for a marca, que faça as tarefas básicas seguindo o vosso "manual".
2º Solicitar a uma expert que analise as tristes tentativas do infeliz e, apontar no vosso manual todos os passos que foram esquecidos na 1ª e última vez que elaboraram o manual.
3º Pedir a alguém que elabore o manual novamente
4 º Pedir ao infeliz e à expert  a repetição do  1º e 2º passo com o manual rectificado e se necessário fazer o 3º passo.
5º Solicitar a outro trolha para tentar também, não vá o 1º ser uma pessoa brilhante com dotes de vidente e repetir o 1º 2º e 3º passo.

Quem leu o meu poste anterior já se devia estar a perguntar como é que me desenrasquei. Pois minhas amigas mal, muito mal. Depois de várias tentativas a tentar seguir os passos daquela inutilidade decidi pagar a uma pessoa para me ajudar com os passos. Nem imaginam como eu, ferranha adepta do IKEA me senti quando a única coisa que percebi no manual é que tinha que ligar a máquina à corrente. Bem, fiquei mais contentita quando a T. me informou que as instruções eram péssimas e também se viu e desejou para descobrir os itens que eram diferentes na máquina dela. 
Agora Srs. da JOCEL uma vez que reduziram a minha auto estima a quase nada, e vou necessitar de apoio psicológico toca a mandar uma máquina de café (que está a fazer muita falta) para a minha casinha em jeito de compensação e não, não necessitam de mandar um manual porque nessas eu sou uma expert. Em troca eu dou-vos mais uma sugestão para o vosso departamento de Marketing que tal uns vídeos no Youtube elaborados por uma expert com as instruções básicas. 

Nota: A todas as que me apoiaram no poste anterior os meus agradecimentos e gostaria de vos informar com muito orgulho que já cosi um paninho :) Segue a prova. 


E aprendi mais uma coisita para as primeiras tentativa não utilizar tecido com qualquer tipo de elasticidade :)