quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Conversas surreais no Dia e aprender a usar cupões

Estou a aprender lentamente a usar os talões como já mencionei aqui. Desloquei-me ao Dia para comprar o champô. Quando lá cheguei não vi promoção nenhuma (50% de desconto na 2ª embalagem) fiquei muito aborrecida, perguntei a um funcionário. Resposta do senhor:
-Aqui não há essa promoção. 
-Como? 
-Aqui não há essa promoção só nas lojas parking.
-Desculpe mas tenho a certeza que a promoção estava no folheto para este tipo de lojas. 
-Aqui ninguém me deu essa informação mas se quiser leve para a caixa e se não fizer o desconto na segunda embalagem devolvo-lhe o dinheiro.
Na caixa:
-Menina verifique-me por favor se faz o desconto na 2ª embalagem.
-Só posso ver no fim quando tiver a conta encerrada.
-(%$#""&%%$$- foi o que pensei que só me estavam a fazer perder tempo)
- E já agora quero descontar este cupão por favor.
- Mas o cupão só dá para os champôs da imagem do cupão.
- ($#""/%$$##$% -meus pensamentos novamente) 
- Menina se ler o cupão ele diz "qualquer champô da manca Pantene".

O que aprendi: 1º Os supermercados escondem as promoções. 2º Temos que nos instruir bastante antes de ir para as compras.
Estas coisas só acontecem comigo?



segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Ainda a bendita mesa de apoio

Finalmente a minha mesa de apoio está pintada, não perfeita mas pintada :).

1º passo - tapar os buracos com tapa fissuras deixar secar durante a noite
2º passo - lixar a mesa muito bem
3º passo - limpar bem a mesa
4º passo - limpar os azulejos com diluente
5º passo - dar o primário primeiro com uma trincha nas esquinas e depois com um rolo pequeno. Deixar secar 48 horas (é irritante a espera)
6º passo - arrancar cabelos, o estaleiro está montado na sala e tralha é íman de tralha :(
7º passo - dar a tinta branca tal como o 5º passo e esperar (drama ... a espera) esperar mais 24 horas

Resultado final, necessita de mais uma de-mão mas só o vou fazer nas férias de verão porque tenho que pintar a estante com os livros pelo menos o exterior com a mesma cor (como é que é possível haver tantos tons de branco diferentes?) aprendam comigo minhas amigas porque a vida é curta e não têm tempo de cometer os erros todos :) deveria ter guardado a lata ou a referência da tinta que usei na estante mas não guardei, resultado... mais trabalho.

Demorei a gostar do resultado final, não culpa da mesa claro mas porque o meu tempo disponível é tão escasso e estava tão cansada quando a começava a pintar que lhe apanhei um pequeno rancor :) que entretanto já me passou claro sobretudo depois da minha querida mesa (vêm como agora já a trato tão bem) ter sido complementada com alguns objectos entre eles as jarras que tinha mencionado aqui e que me trouxeram do IKEA (como eram pequenas pedi a uma amiga que lá foi para mas trazer).

A todas as leitoras que me deixaram a sua opinião aqui agradeço piamente. Depois de muito pensar tinha decidido pintar as pernas de branco e por um espelho no tampo mas tinha um problema os azulejos não estavam todos milimetricamente ao mesmo nível e fiquei com medo que, ao colar e a fazer pressão, partisse por isso, até ideia melhor ficou assim, só pintada de branco. E agora vamos ao que realmente interessa :) 

Antes:

Durante:







Depois :





Esta última para provar que os azulejos ficaram bem pintados :)
O que acham valeu a pena o esforço?



 





sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Poupança com cupões

Depois de ter ouvido falar pela  primeira vez em extreme couponing através da Goreti fiquei um pouco obcecada com o assunto e chateada comigo mesma por não rentabilizar os poucos cupões que me chegam às mãos é que para forreta não estava a ser muito inteligente. Mesmo que esta crise me passe ao lado e não perca o meu trabalho o que é certo é que tenho perdido muita qualidade de vida por isso tenho que tomar medidas caso contrário nunca vou atingir os meus sonhos. Investiguei mais um pouco e tirei mais umas ideias da Mónica.
Decidi então que os talões de desconto (mesmo os do Dia) iriam estar todos juntos na minha carteira de documentos. Já me tinha apercebido que se ficassem na mala bastava troca - la a correr de manhã (coisa de mulheres) e só tirava o essencial ficando lá os talões. Por outro lado assim nunca ficam em casa e não perco promoções que veja acidentalmente.

A ideia do extreme couponing (corrijam-me se estiver enganada) é conciliar grandes promoções de supermercado com cupões que tenhamos.

Fiz uma lista de compras champô, swiffer, bacalhau, pastilhas para a máquina da loiça (este é só um exemplo porque não tenho máquina) como podem ver tudo bens duradouros e que podem ser armazenados por grandes períodos de tempo.

1º Lugar verificar os talões de desconto que tenho
2º Lugar verificar as promoções vigentes nos supermercados.
3º Conciliar estes dois passos para obter uma melhor rentabilidade para mim



Vamos então a contas:

Champô Pantene
Dia com 50% de desconto na segunda embalagem
5,22€ - 1,5€ (em cupão)= 3,72€
3,72€ / duas embalagens de 300ml = 1,86 € cada

Swiffer
Continente com 50% de desconto em cartão 3,25€ - 1,00€ em cupão = 2,25 €

Bacalhau
Tenho um talão com 25% de desconto no bacalhau e como tenho dinheiro em cartão para gastar até dia 24 (salvo erro)
Bacalhau Graúdo Noruega Continente a 8,49€/kg com 25% de desconto fica a 6,37€ :)
+- 2.5Kg x 8,49 € = 21,23€ com o desconto 15,92€

Pastilhas para a máquina
Aqui achei as coisas um pouco controversas ora vejamos:
Continente com 50% de desconto pastilhas Platinium Limão Fairy a 6,63€
Com cupão de 3€ fica a 3,63€  / 40 pastilhas = 0,09 a lavagem
Pastilhas 2 em 1 continente 3,69€ a dividir por 60 pastilhas = 0,06€ a lavagem
penso que aqui a escolha fica talvez pela qualidade do produto  



O que acham estou no bom caminho? Tudo produtos que uso normalmente (excepto as pastilhas que evidentemente não vou comprar). Objectivos para o futuro ser cada vez mais organizada e encontrar mais cupões.











terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Comprar ou não comprar casa?

Para os tesos, pessimistas e afins...

Peço desculpa, este poste vai ser longo quem não se quer aborrecer é melhor desistir já. Vão chover reclamações mas não atirem logo pedras.
Sou de opinião que é sempre possível comprar casa, desde que seja uma que se possa pagar. Ou seja, se um casal ganhar 950€ mensais não vai comprar uma casa de 100000 € (só porque o vizinho o fez, ou porque a casa é bonita ou porque sim) se calhar vai ter que comprar uma de 60 000€.

Nota: O pessoal das cidades grandes a esta altura pensa que sou maluca um sítio para viver por 60000€ impossível. Mas já pensaram que pode ser um T0? R/C? Velho mas habitável? Fora da cidade...

Este mesmo casal vai ter que criar uma poupança inicial (20%) que lhe permita dar de entrada na casa  no valor de 12000€.
Ou seja mais ou menos uma poupança mensal de 500€ durante dois anos. Parece muito? Se calhar parece, mas se não o conseguir fazer como é que pensa pagar uma casa, as despesas inerentes a ela como condomínio (se se aplicar), seguros, imposto municipal, empréstimos, manutenções e imprevistos. Se não o fizer é melhor desistir por aqui.
O lado positivo deste sacrifício inicial é que só vai pedir ao banco 48 000 € o que diminui o risco do casal diminuindo assim o spreed do empréstimo. 
Vai ter um empréstimo bem mais razoável, durante os primeiros 2 anos vai dormir num colchão no chão e ficar com a mobília da família que já ninguém quer. Elegante? Não. Glamoroso? Também não. Mas este mesmo casal durante este dois anos vai poder dormir descansado e ir mudando as coisas à medida das suas possibilidades.
Fiz uma simulação para um crédito habitação de 48000€ a pagar em 40 anos (na cgd não porque goste mais deste banco mas porque conheço melhor a plataforma) sem fiadores em 10/11.
E fiquei CHOCADA 5.2% de spreed e 1.776% de euribor a 6 meses, 316 € de prestação (com seguros incluídos) . Quase que engoli as minhas próprias palavras. 

Ora bem um pouco de educação financeira:

 A Euribor é uma taxa elaborada com base na média de juros cobrada pelos bancos na Zona Euro entre si para se financiarem. Ou seja, funciona como uma taxa interbancária. Além desta função, a Euribor é também o indexante mais recorrente no crédito à habitação em Portugal.
Por outras palavras é o que temos que pagar ao banco (quer sejas teso ou não).

O spread é a margem aplicada pelas instituições financeiras sobre uma taxa de referência (normalmente a Euribor) para obtenção de taxa de juro a considerar em determinada operação.
Por outras palavras quanto mais teso és mais tens que pagar ao banco.

Este mesmo casal vai ter que fazer muitas coisas: 
1º Decidir se quer realmente pagar ao banco durante 40 anos 316€  (pelo menos enquanto a euribor não subir (e ela pode mudar radicalmente para cima e para baixo como pude comprovar nestes últimos 7 anos)
2º Aumentar os seus recursos: um part time, fazer e vender algum tipo de artesanato (o que chamo de economia paralela) etc.
3º Enganar o Banco (façam um teste, eles vivem de aparências, podem ir com um ar desleixado e eles ficam com ar de enfado ou podem ir com a vossa melhor apresentação com um ar profissional e eles estendem-nos um tapete pelo menos até ver os nossos rendimentos)
4º Comparar o valor da mensalidade do empréstimo (juntamente com todas as outras despesas) com o valor do arrendamento na mesma zona. 
5º Decidir se quer viver miseravelmente com um rendimento disponível de 634,00€ (enquanto a euribor não subir)
6º Esperar mais um ano e poupar uns trocos.

A esta altura quem leu até aqui pode pensar a conjuntura está má, podem perder as casas se não conseguirem pagar as prestações, um dos elementos do casal pode perder o emprego ou ficar doente, com um rendimento disponível destes dificilmente se vão pagar a eles próprios primeiro (regra dos 10%)   etc. concordo com tudo isso mas as pessoas vão ter que ter sempre um sitio para viver.
Na minha humilde opinião é apenas uma questão de sonhos e decisões. Posso por exemplo decidir que me vou deslocar de bicicleta e o valor disponível para transporte ser canalizado para outra coisas.










domingo, 11 de dezembro de 2011

Objecto de desejo

Já estou farta de pedir aos amigos um berbequim emprestado. Se tivesse garagem aquilo ficava um "estaminé" de primeira. Sou só eu que tenho tara por objectos de construção? 



Tenho que admitir que ainda por cima adoro a marca Bosch são lindas (deve ser de sempre as ter visto em casa dos meus pais e do meu pai nos fazer muitos brinquedos em madeira). Já repararam que há brinquedos a imitar a marca, não que houvesse no meu tempo, o que eu gostava mesmo era do cheiro da madeira acabada de cortar, do barulho das máquinas, do cheiro das tintas e do pó? Acreditam nisto? Eu disse que tinha uma tara.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Objecto de desejo

Bem bonitas estas jarras o preço excelente 1.5  € cada. Qual o problema? O Ikea mais próximo fica a muitos km de distancia para se ir comprar umas jarras. Como podem ver a minha obsessão por objectos brancos está a crescer :)



sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Lanterna

Adoro velas, lanternas, candeeiros e tudo o que crie um ar acolhedor e romântico. Já andava a namorar uma Lanterna que vi no Continente por 9,90 €  que é da marca EGLO (que fornece para o querido mudei a casa). Mas o que apaixonou não foi a marca foi mesmo o design é linda não é?



Tem uma particularidade é uma lanterna de exterior tem um micro painel solar e uma lâmpada Led que carrega durante o dia e que pode ser ligada à noite. A minha ideia é deixa-la durante o dia a carregar e usá-la à noite  na sala. Penso que, como a minha varanda tem sombra uma grande parte do tempo nunca vou poder usar o potencial todo da lanterna. No entanto posso substituir a peça (com a lâmpada) que é amovível, por uma vela convencional sempre que necesário. Durante a noite fica com este aspecto:





A lâmpada tremelica como uma vela convencional :)


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Como pintar um móvel

Estou a preparar-me psicologicamente para a tarefa árdua que vou ter pela frente com a minha famosa mesa de apoio, uma coisa é certa não poderá ficar pior do que já está :). Só um pequeno reparo ao trabalho deste senhor, eu provavelmente retiraria os puxadores para pintar mais à vontade.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Coroa de Natal

Aceitei o desafio da Goldie  a ideia era fazer uma coroa ou decoração de Natal com coisas que tenhamos em casa e de preferência sem gastarmos dinheiro. Bem Goldie, foi um desafio difícil, estava com alguma falta de inspiração e tenho outro problema não gosto muito das cores normalmente associadas ao Natal. Mas pronto lá me decidi, o Natal é o que eu quiser :) e então saiu-me isto:






Tinha guardado 3 folhas A4 que imprimi com estes círculos para recortar furar com o furador e servir como etiquetas para presentes. Como já tinha recortada a coroa em papelão (a ideia era poupar) pensei porque não? Recortei todos os círculos das folhas A4 e colei um a um no papelão. Talvez lhe ponha um laço para ficar mais natalícia mas para já a ideia era utilizar o que tínhamos em casa. A minha inspiração começou com esta imagem que vi.


Retirada daqui

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Embrulho

Desde que ando por este mundo da blogosfera  passam-me pelos olhos ideias brilhantes e fico sempre a salivar por algumas. O meu mais que tudo fez anos e comprei-lhe um livro, como é um presente banal  não lho queria entregar  com um embrulho normal por isso vasculhei as minhas fontes de inspiração e com isto criei isto:


Espero que ele goste.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Objecto de desejo

Este livro apesar do orçamento apertado está na minha lista de compras. Esta senhora faz uns trabalhos fantásticos e é uma das decoradoras do Querido Mudei a Casa. Para quem não conhece pode ir visitá-la aqui